Programa de estudo

A SEOB oferece programas para o COEM, mas não tem a pretensão de que sejam os únicos existentes no movimento espírita. Também apoia outros recursos de aprendizagem utilizados no movimento espírita, desde que guardem coerência com os postulados da Codificação. O conteúdo programático oferecido pelo COEM segue metodologia que promove a complexidade gradativa do conhecimento, utilizando como referências as obras básicas de Allan Kardec e do Projeto Manoel Philomeno de Miranda. Confira abaixo o roteiro de estudo do COEM 3:

 

Abertura do COEM

  • Apresentação dos monitores e realização de dinâmica integrativa

  • Funcionamento do COEM 3 e apresentação da programação

1. Reunião Mediúnica

  • Objetivos, natureza, organização e funcionamento

  • Responsabilidade mediúnica (Manoel Philomeno de Miranda)

  • Etapas de realização da reunião mediúnica

  • Os trabalhadores encarnados

    • O dirigente

    • O dialogador (doutrinador)

    • Os médiuns

    • A participação de convidados

    • Médiuns de apoio vibratório (sustentação)

    • Os passistas

    • A participação de convidados

  • A equipe dos trabalhadores desencarnados

    • Os mentores

    • Os trabalhadores espirituais

    • Ação espiritual nos trabalhos mediúnicos

    • Como reconhecer os Espíritos trabalhadores

  • Organização da reunião mediúnica no plano espiritual

  • Equipamentos e aparelhos utilizados pelos Espíritos na reunião mediúnica

  • Avaliação da reunião mediúnica

    • Autoavaliação

    • Avaliações periódicas com o grupo

Atividade prática

  • Percepção espiritual

  • Intuição

  • Psicografia

  • Psicofonia

2. Da avaliação da produção mediúnica

  • Análise de comunicações mediúnicas

  • Elementos definidores de uma mensagem dos Espíritos superiores

  • Deve-se publicar tudo quanto dizem o Espíritos?

  • A análise crítica dos livros e das editoras espíritas 

Atividade prática

  • Psicofonia

 

3. Dificuldades e obstáculos à prática mediúnica

  • Ausências

  • Impedimentos à prática mediúnica

  • Obsessão na reunião mediúnica

Atividade prática

  • Psicofonia

 

4. A comunicabilidade dos Espíritos

  • Breve visão do plano espiritual e as regiões de sofrimento

  • Breve visão do mundo interior do Espírito em desequilíbrio

  • Etapas do esclarecimento dos Espíritos pelo diálogo

    • O que dizer

    • Quando dizer aos Espíritos

  • Começando o diálogo (observação e empatia)

  • O processo de despertamento e o reequilíbrio

    • A raiz da problemática do Espírito sofredor

    • O que o Espírito sofredor necessita

    • Como utilizar esse conhecimento na reunião mediúnica

  • Principais tipos de Espíritos trazidos aos trabalhos mediúnicos

    • Vinculados à atividade física

    • Vinculados à modalidade de desencarnação

    • Culpados e arrependidos

    • Em estado de inferioridade deliberada

    • As congregações das regiões inferiores

    • “Enviados” de congregações das regiões inferiores

Atividade prática

  • Psicofonia e psicografia

 

5. Estágio nos grupos mediúnicos da Casa Espírita

  • Explicações sobre o estágio nos grupos mediúnicos

  • Calendário de estágio nas reuniões mediúnicas

  • Roteiro de avaliação do estágio ocorrido nos grupos mediúnicos

 

Atividade prática

  • Psicofonia

 

6. O Regimento Interno de grupos mediúnicos

  • Definições e diretrizes

  • Definindo procedimentos

  • Compromissos dos membros do grupo

  • As bases de avaliação

  • Elaboração, aprovação e implantação do Regimento Interno

 

Atividade prática

  • Psicofonia

 

7. Orientações às atividades práticas e às reuniões mediúnicas

 

 

8. Avaliação do estágio nos grupos mediúnicos

 

 

9. O Centro Espírita e a Sociedade

  • Atuação do centro espírita na sociedade

  • Organização administrativa e atividades da SEOB

  • O trabalhador espírita

 

10. Espiritualidade e Saúde

 

 

Associação Espírita Obreiros do Bem  |  São Carlos - SP  |  obreiros.bem@gmail.com  |  (16) 3368-5636

© 2017 Departamento de Comunicação Social Espírita